Curiosidades

4 lições que você pode aprender com um garoto gênio

Apesar da maioria dos pais considerarem seus filhos os mais inteligentes e bem dotados do mundo esse nem sempre é o caso. Uma longo estudo feito sobre crianças superdotadas foi feito nos Estados Unidos a partir de 1971. Seu nome era Study of Mathematically Precocious Youth e avaliou 5 mil das crianças mais inteligentes do país. Com isso eles foram capazes de descobrir diversos fatores curiosos a seu respeito e inclusive lições a se aprender com os pequeninos.

O psicólogo David Lubinski estava envolvido nos levantamentos feitos pelo estudo e dividiu importantes pontos a se aprender com essas crianças prodígios através de uma entrevista para o Up Worthy. Ele as dividiu em 4 e essas são elas.

Lição número um

Muitos acreditam que fazer altas cobranças nas crianças superdotadas fará com que elas tenham um sucesso garantido mas essa visão é completamente equivocada. Pressionar a criança imaginando que ela conseguirá resolver qualquer problema simplesmente porque é inteligente não fará com que ela se desenvolva e até pode causar prejuízos para o seu futuro. O psicólogo afirma que elas ainda são crianças, independente de sua capacidade, e precisam receber orientação como qualquer outra.

Lição número dois

Diferenciar inteligência de paixão. Não é porque uma criança é super inteligente e muito boa em algo que ela necessariamente vá gostar daquilo. Achar que todas elas devem se tornar médicas ou cientistas é completamente errado. Elas podem, assim como qualquer um, serem apaixonadas e se dedicarem a qualquer área que queiram. Afinal de contas, não existe apenas um tipo de inteligência, elas podem se manifestar de diferentes formas. É preciso compreendê-las da forma que são.

Lição número três

O esforço é fundamental para que se conquiste seus objetivos. O fato de ser inteligente e ter um alto nível de aptidão no campo escolar é um grande facilitador, porém, não representa todo o quadro. É preciso que se tenha dedicação para poder seguir em frente com seus sonhos e objetivos. Não adianta ter um dom se você não o utiliza da forma correta e com empenho.

Lição número quatro

Por último, e talvez o mais importante de todos, não se deve desvalorizar as habilidades de nenhuma criança. Nesse momento ele afirma que todas devem ser tratadas como se fossem extremamente inteligentes. O estudo revelou que as crianças que foram colocadas em cursos específicos relacionados com os seus interesses tiveram maiores resultados. É preciso que se dê oportunidades para que a criança possa desenvolver suas aptidões.

Comments

comments

Leave a Response

Nandy

Mineira que caiu de amores por “Sampa”, recordista de matriculas malsucedidas em academias e que acredita que o amor é sempre uma questão de escolha.