4 métodos contraceptivos nada convencionais utilizados antigamente

por Nandy 03 mar 2016 - 01h 52
620 visualizações

Não é de hoje que se tem procurado cada vez mais métodos contraceptivos, tanto que já existem até mesmo algumas medidas que tornam o homem temporariamente estéril, fora isso, temos as pílulas anticoncepcionais e a camisinha, a qual é praticamente à prova de falhas, mas isso nos dias de hoje, afinal, antigamente nao tínhamos a tecnologia que temos hoje, por isso os métodos contraceptivos utilizados séculos atrás eram os mais estranhos que se pode imaginar, confira:

Tripas

camisinha de tripa

No século  XVI, um médico italiano criou os Tubos de Gabriel a partir de tripas de animais, era como uma camisinha, mas era amarrado ao pênis para prevenir DSTs e a gravidez.

Abelhas vivas

abelha

A Igreja nem sempre foi contra métodos contraceptivos, houve uma época em que San Albero, um polímata da Idade Média, recomendava às mulheres que comessem abelhas vivas.

Água de Ferreiro

ferreiro

Antigamente, as mulheres ficavam atrás de oficinas de ferreiros para conseguir a água que eles utilizavam por acreditarem que ela tinha propriedades contraceptivas, mas na verdade elas continham chumbo, o que é altamente tóxico para o ser humano.

Saliva de camelo

camelo

No norte da África, era comum as mulheres utilizarem uma mistura de saliva de camelo com pólvora como método contraceptivo, não se sabe ao certo se essa técnica era realmente eficaz.

Siga nas redes:

Facebook: Nandy Martins

Instagram: @nandy_martins

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!
Comentários
Logo @AcreditaNisso