Comportamento

5 coisas que toda mulher odeia no primeiro encontro

Muitas pessoas relacionam felicidade com a vida amorosa, ou seja, você só será feliz se estiver tudo certo em seus relacionamentos. E claro, que todo namoro começa com um primeiro encontro. É justamente esse dia em especial que traz uma aflição para diversas pessoas, tanto homens, como mulheres. Ambos se preparam com o objetivo de tornar o “evento” inesquecível, nada pode dar errado!

Infelizmente nem tudo acontece como deveria e alguma coisa pode acabar não dando tão certo. Como sabemos que as mulheres são mais, digamos, exigente, e ficam mais preocupadas sonhando com o primeiro encontro, decidimos separar 5 erros que os homens costumam cometer nesses momentos.

Aproveite a dica e capriche no seu próximo encontro:

Evite as conversas do tipo “interrogatório”

Muito cuidado ao elaborar as perguntas. A ideia é ir com calma para ir ganhando intimidade e não falar sobre uma única pessoa, nada de interrogatório.

Excesso de cavalheirismo

Elas adoras os cavalheiros, mas nada de fingir no início e depois mostrar que não era nada daquilo. Lembrando que os excessos também não são interessantes e algumas mulheres são bem independentes e podem interpretar errado o seu bom gesto.

Esqueça o celular

Não fique preocupada com o celular, seus grupos do whatsapp ou redes sociais. Aproveite o momento e dê atenção a sua companhia, afinal saíram para se conhecerem melhor.

Deixe a “ex” de lado

Tudo bem comentar algo sobre o seu antigo relacionamento, mas nada de trazer esse fantasma para a nova relação. Evite comparativos ou lembranças excessivas.

Vá com calma!

Alguns rapazes são um tanto quanto apressadinhos. É interessante controlar a ansiedade e manter a calma, deixando que tudo aconteça no momento certo. Muito cuidado para não assustarem a sua companhia, pois ela poderá evita-lo para um segundo encontro.

Comments

comments

Leave a Response

Nandy

Mineira que caiu de amores por “Sampa”, recordista de matriculas malsucedidas em academias e que acredita que o amor é sempre uma questão de escolha.