5 lugares mais violentos do mundo

por Nandy 11 jan 2016 - 23h 58
1.820 visualizações

Na última década, o mundo tem visto diferentes tipos de violência em muitas partes do mundo. Enquanto a maioria dos crimes relatados na história teve raízes políticas, alguns deles também foram provocados pela pobreza e/ou uso de drogas.

Confira a lista dos 5 locais mais violentos do mundo em termos de taxa de criminalidade:

Bagdá, Iraque

Desde o século 20, Bagdá sofreu com seu clima de grande instabilidade política.Tem sido consistentemente apelidado como um dos lugares mais perigosos do mundo por causa dos bombardeios constantes, que destruíram a maior parte da infra-estrutura da cidade.

Torreon Metropolitana, Norte do México

Torreon foi classificada como a sétima cidade mais perigosa do mundo em 2012, que tinha uma taxa de homicídios de 88 por 100.000 habitantes. Hoje, os cartéis de drogas na cidade continuam a travar uma guerra de territórios violenta contra o governo do México.

 

Acapulco, México

Acapulco era a quarta cidade mais perigosa do mundo. Taxas de homicídios nesta cidade estavam em torno de 128 por 100.000 habitantes. Segundo relatos, cerca de 60.000 mortes ocorreram em Acapulco desde que o presidente Felipe Calderón intensificou as suas leis contra os cartéis de drogas.

 

San Pedro Sula, Honduras

San Pedro Sula está cheia de crimes violentos de gangues, assassinatos e carteis de drogas. As taxas de homicídio no país atualmente oscilam em torno de 1.143, enquanto a taxa de homicídios é de 158,87.

 

Ciudad Juarez, México

Ciudad Juarez foi recentemente apelidada como “a zona mais violenta do mundo fora de zonas de guerra declarada.” Desde 2010, o número de crimes cometidos dentro da cidade tem aumentado significativamente. Apenas em 2008, foram registrados 1.400 assassinatos e 2.500 mortes relacionadas com o tráfico de drogas.

Siga nas redes:

Facebook: Nandy Martins

Instagram: @nandy_martins

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!
Comentários
Logo @AcreditaNisso