Curiosidades

7 animais que mudaram a história da humanidade para sempre

Durante toda a história, o ser humano tomou decisões que ajudaram e prejudicaram a humanidade. O processo evolutivo é constante, e o homem nunca para de se reinventar e de desvendar o mundo em sua volta. Mas nem sempre ele consegue fazer todas essas coisas sozinhos e recebem ajuda de animais. E por muitas vezes essa ajuda é tão grande que conseguiu mudar o curso da história como a conhecemos. Sem eles, é quase certo que o mundo não seria igual o conhecemos hoje.

O macaco responsável pela morte de um rei

Em 1920, o rei da Grécia, Alexander, estava passando alguns momentos no jardim com seu cachorro quando seu animal de estimação entrou em conflito com um macaco. Ao tentar separar, o primata pulou e mordeu o monarca. As feridas do rei infeccionaram, e ele morreu em 25 de outubro, aos 27 anos. Alexander tinha sido coroado em junho de 1917 durante a 1ª Guerra Mundial, depois que seu pai, o rei Constantino I, abdicou do trono. Este, tomou posse novamente em 1920. Durante seu segundo governo como rei, Constantino colocou sua nação grega na Guerra Greco-Turca (1919-1922), e ela perdeu.

O chimpanzé que mudou a compreensão humana

Em 1960, Jane Goodall foi para a Tanzânia estudar chimpanzés que eram um mistério para os humanos naquela época. Para seu azar, em 3 meses os estudos não revelaram nada, pois os animais eram tímidos e não permitiam que ela os assistisse. Apenas um mês depois, ela observou um dos animais usando um galho para conseguir chegar a cupins. Foi ai que os cientistas descobriram que não eram apenas os humanos que poderiam usar ferramentas.

Cairo, o cão que delegou Osama Bin Laden

Em 2 de maior de 2011, o cão da raça Pastor Belga Malinois, Cairo, estavam em uma operação super-secreta e teve um grande papel para capturar um dos maiores terroristas de todos os tempos, Osama Bin Laden. O animal encontrou o esconderijo de Bin Laden e ajudou a farejá-lo. Assim como os 23 militares que participaram da operação, Cairo vestia um colete à prova de balas com um sistema integrado de comunicação audiovisual. Cairo também gravava a sua versão da ação e podia receber sinais que o ajudassem a se guiar pela casa.

Rato – Peste Negra

Uma pandemia mortal denominada “Peste Negra” eliminou mais de um terço da Europa. Foi uma doença infecciosa causada pela bactéria Yersinia pestis. Essa bactéria infecta ratos e outros pequenos roedores e é transmitida para as pessoas por meio de pulgas infectadas. Não foi de se admirar que a doença se espalhou tão rápido, já que foi levada por esses animais.

Ovelha que provou que a clonagem foi possível

Dolly, é a ovelha mais conhecida de toda a história. Ela moldou um pensamento científico. Ela foi o primeiro mamífero que foi clonado de forma completa e exitosa usando uma célula adulta. Hoje as técnicas foram melhoradas, já que os cientistas aprenderam muito sobre esse processo de clonagem graças a Dolly.

Pombo que salvou centenas tropas americanas

Um pombo mensageiro nomeado de Cher Ami fez seu nome durante a Primeira Guerra Mundial. Em 1918, cerca de 50 homens estavam presos sem alimentos e munição atrás das linhas inimigas. O major tentou enviar mensagens, mas os dois primeiros pombos foram derrubados. Cher Ami estava ferida, mas conseguiu entregar sua mensagem. Os homens foram salvos e o pombo virou celebridade.

Gansos cacarejantes

Animais

O império romano teria sido atacado pelo gauleses no início do século IV a.C. Gauleses foram silenciosos e rápidos, passando despercebidos pelos cães de guarda. Até que se depararam por alguns gansos que começaram a cacarejar desesperadamente. O barulho despertou guardas próximos e os defensores da cidade. Roma foi salva, e os gansos tiveram admiração e fama.

Comments

comments

Leave a Response

Nandy
Mineira que caiu de amores por “Sampa”, recordista de matriculas malsucedidas em academias e que acredita que o amor é sempre uma questão de escolha.