Curiosidades

7 coisas bizarras que acontecerão no dia do eclipse solar daqui a dois dias

Isso mesmo, no dia 21 de Agosto haverá um eclipse solar! O pior é que ele poderá ser visto melhor no hemisfério norte, mas o intrigante é que existem alguns fenômenos que poderão ser visualizados daqui a dois dias, sete, para ser mais exato. Confira-os a seguir:

Mudança climática temporária

Poucos minutos antes do eclipse total, tudo indica que algumas regiões poderão registrar a temperatura de 20ºF, o que significaria, em graus Celsius, aproximadamente 6 graus negativos. Os animais começarão a ficar confusos, os cães podem começar a latir sem motivo nenhum, morcegos poderão ser facilmente vistos, enfim, coisas malucas do tipo.

“Anel de diamante da lua”

Este é sem dúvida, um dos fenômenos mais impressionantes que poderão ser observados. Se você não tem a mínima ideia do que isso se trata, é o momento em que a lua está quase cobrindo por completo o sol, onde é possível ver uma borda em volta, que se parece bastante com um anel brilhante. Daí vem o nome!

Será possível ver o campo magnético do sol

Esse é um processo que faz parte do anel de diamante citado acima. Será possível ver, sem a ajuda de nenhum equipamento astrológico, o campo magnético do sol assim que a lua o cobrir por completo. Esta também é uma das visões mais aguardadas por quem poderá presenciar o fenômeno.

Observação de outros astros

O dia será marcado por grandes eventos, de fato. Além da maravilhosa vista que o eclipse poderá proporcionar, ainda será possível ver outros planetas brilhando no céu, a exemplo de Vênus e Mercúrio, sendo que Vênus terá um brilho fora do normal, jamais visto antes. Também será possível avistar Júpiter, Marte, e Sirius, que já é a estrela que mais brilha no céu. Poderão ser encontrados ao lado sudoeste do sol.

“Mini sol”

Enquanto o eclipse estiver em fase parcial, um fenômeno bastante peculiar e pouco conhecido poderá ser visto. Inúmeras sombras do sol poderão ser vistas refletidas no chão ao lado de árvores, quase como se uma estivesse por cima da outra e ao mesmo tempo, espalhadas. Isso acontece porque as folhas das árvores funcionam como uma espécie de câmera pinhole (que não possui lentes, e sim um pequeno orifício de um dos lados da câmera), sendo capazes de projetar a imagem refletida pelo sol, no chão.

Parte mais escura da sombra

Se alguém se direcionar para uma região um pouco mais deserta, ou mesmo para uma montanha afim de ver o eclipse, poderá observar a parte mais escura de todas da sombra da lua, chamada de umbra. Acontece quando uma fonte de luz é completamente bloqueada, assim como acontecerá durante o fenômeno.

O evento apocalíptico?

O eclipse poderá ser visto perfeitamente em países do hemisfério norte, Estados Unidos principalmente. Acontece que mesmo assim, as recomendações para a melhor visualização do fenômeno, são que as pessoas se direcionem para lugares com o mínimo de luz possível.

Comments

comments

Leave a Response

Nandy
Mineira que caiu de amores por “Sampa”, recordista de matriculas malsucedidas em academias e que acredita que o amor é sempre uma questão de escolha.