Curiosidades

7 fatos interessantes sobre o Paraguai

Confira em seguida 7 fatos interessantes e que nem todos os brasileiros conhecem sobre nosso vizinho guarani, o Paraguai.

1. O Paraguai é uma das poucas nações sul-americanas que conservam uma língua indígena como língua oficial do país. O guarani tem o mesmo estatuto do espanhol e é falado pela generalidade da população.

2. O guarani é uma língua onomatopaica, isto é, uma língua em que muitas das palavras imitam os sons que se encontram na natureza para indicar seu significado.

3. Apesar de ser um país sem costa marítima (um dos dois únicos da América do Sul nessa condição, junto com a Bolívia), o Paraguai tem uma marinha de guerra. Na verdade, tem a maior força naval do mundo entre os países sem costa marítima. Claro que o termo “marinha” pode ser um pouco incorreto, pois se trata da defesa do rio Paraguai; mas o fato é que, além dos navios, tem aviação naval, corpo de defesa especializado para o rio e guarda costeira.

4. Os brasileiros aprendem em História sobre os terríveis efeitos da Guerra do Paraguai, no século XIX. Mas nem todos sabem que a nação guarani não virou pacifista e travou outra guerra no século XX, dessa vez contra a Bolívia, pelo controlo do Chaco, a grande planície do norte do país que é uma continuação do pantanal de Mato Grosso do Sul. Havia notícias de que poderia ter petróleo aí, o que estimulou os apetites militares dos dois países; entretanto, só 80 anos depois da guerra é que foram encontradas as primeiras reservas. Porém, a guerra agora é outra, com grupos ambientalistas exigindo o fim das explorações.

5. No Paraguai, os jogos de azar são permitidos (o que não será surpreendente, uma vez que essa é a regra geral nos países das Américas, e ao contrário do que acontece no Brasil, onde os cidadãos têm de acessar sites como o cassinosbrazil.com.br para poderem jogar). Todavia, os cassinos do país parecem mais virados para os jogadores brasileiros (que aparecem fugindo da proibição em seu país) que para os próprios paraguaios. Tem um cassino na capital Assunção, mas depois tem em Ciudad del Este (bem perto da fronteira, em Foz do Iguaçú) e em Pedro Juan Caballero, cidade “gêmea” de Ponta Porã; aqui, só precisa atravessar a rua para sair do Brasil e entrar no cassino.

6. De acordo com o CIA World Factbook, 99,3% da eletricidade consumida pelo Paraguai vem de centrais hidrelétricas (barragens). A grande maioria vem mesmo da barragem de Itaipu, no rio Paraná, em parceria com o Brasil.

7. Josef Mengele, conhecido como o “Anjo da Morte”, foi um oficial nazista tristemente célebre por conduzir experimentos mortais em prisioneiros dos campos de concentração durante a Segunda Guerra Mundial, sem olhar a consequências ou ao sofrimento de suas vítimas. Fugido para a Argentina no final da guerra, Mengele encontrou abrigo no Paraguai, fugindo da perseguição da Mossad israelita. No entanto, pouco tempo depois veio para o Brasil, onde morreria em 1979.

Comments

comments

Leave a Response