8 tecnologias do universo Star Wars que podem se tornar realidade

por Nandy 20 nov 2015 - 23h 06
186 visualizações

Com o novo filme do Star Wars chegando aos cinemas, lembramos ainda mais das incríveis tecnologias criadas para a série e pensamos se vamos chegar a tê-las algum dia. A verdade é que algumas delas nós já temos! Ou pelo menos uma versão inicial daquilo que já nos fascinou e ainda nos fascina. Confira:

 

Hologramas

O que temos aqui na verdade é um protótipo, pois os hologramas que temos apenas transmitem ações previamente gravadas, e não são capazes ainda de realizar uma comunicação em tempo real, porém, o primeiro passo já foi dado.

Campos de força

Os militares americanos já conseguiram desenvolver uma barreira que tem caráter mais elétrico do que de “força”, uma vez que elas conseguem bloquear ataques através de milhões de volts, mesmo assim, ter um campo que pode estilhaçar uma granada sem deixar que ela exploda já é um grande avanço.

Androides

Ou dróides, como preferir, também ainda não os desenvolvemos completamente, faltando um componente indispensável para sua criação: a inteligência artificial, que lhe permita tomar decisões por conta própria, entretanto, a robótica tem evoluído cada vez mais rápido nos últimos anos, provando ser um objetivo muito promissor.

Clonagem

A clonagem já foi realizada em ovelhas (lembram da Dolly?), mas não ainda em humanos, embora já exista um projeto de pesquisa com o intuito de realizar uma clonagem humana bem-sucedida. Só não espere uma fábrica como a de Kamino.

Próteses

Não espere modelos que sejam tão desenvolvidos quanto os utilizados por Anakin e Luke Skywalker, embora esteja muito perto de ser concretizada, tanto que nos EUA, já foi desenvolvida uma prótese muito similar a uma mão orgânica e que possui alta precisão, controle e sensibilidade e que foi apelidada de “The Luke”.

Jetpacks

Astronautas as utilizam, são as mochilas a jato e já temos modelos operantes, entretanto, o grande empecilho é o gasto com o combustível necessário para se vencer a gravidade, tanto que, em Terra, é mais barato utilizar um helicóptero, além disso, já foram registrados muitos acidentes, se você quiser, por sua conta e risco, pode comprar uma modelo que chega a 130km/h e alcança cerca de 75 metros de altura.

Viagem interplanetária

Mas não hiperespacial ou a outro planeta que não Marte. Já temos inclusive uma viagem agendada para 2018, que pode durar cerca de 9 meses, vale lembrar que alcançar a velocidade da luz está muito distante, ainda mais se tomarmos como base os hiperpropulsores dos filmes, que desafiam as leis da física.

Sabre de luz

Infelizmente, muito longe, isso porque o que conseguimos criam são modelos que não possuem uma ponta, não chegam a causar danos ao deslizar, apenas se ficar apontando para um único ponto, e também não produzem sons próprios.

Não deixe de divulgar!

Nandy Martins

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!
Comentários
Logo @AcreditaNisso