A origem dos símbolos matemáticos

por Nandy 21 fev 2016 - 22h 47
584 visualizações

Hoje vamos falar de uma coisa que já traumatizou muitas pessoas: a matemática, alguns ficaram tão traumatizados que até a chamavam de “matemágica”, mas se você tiver problemas com ela, não se preocupe, nós ficaremos apenas no básico, com a origem de alguns de seus símbolos.

Você já se perguntou de onde vieram os símbolos matemáticos? Afinal, porque a soma é uma cruz, a multiplicação, um x, a divisão, dois pontos e a subtração um traço? Pois bem, no post de hoje mostraremos a origem de cada um deles, confira:

Soma e subtração

sinal de mais

Antes da cruz ser estipulada por volta do século XVI, era utilizada a palavra “et”, latim para “e”, que depois foi substituída pelo “+”, mas primeiramente, o símbolo era utilizado para indicar, por exemplo, se algum recipiente estava cheio.

sinal de menos

Quanto ao menos, ele era utilizado para indicar se um recipiente estava vazio, entretanto, alguns dizem que sua origem remete ao Egito Antigo ou à Grécia Antiga, no qual o “T” era utilizado como símbolo para a operação, com o passar do tempo, ele teria perdido sua barra vertical e deixado apenas o “-“.

Multiplicação

sinal de multiplicação

A origem do símbolo desta operação já é conhecida, foi criada por William Oughtred, em 1631, em seu trabalho “Clavis mathematicae”, o qual reuniu tudo o que se conhecia sobre álgebra e aritmética conhecidos até aquela época, e nele foi introduzido o conceito do “x” como símbolo para a multiplicação, entretanto, como também o “x” era utilizado como uma incógnita, o símbolo evoluiu para um simples ponto.

Divisão

sinal de divisao

Este símbolo chama-se Obelus e, se pararmos para pensar, é o que possui mais lógica, afinal, o traço está literalmente dividindo os dois pontos, depois, ele evolui apenas para os dois pontos, mas o símbolo em si foi foi usado em 1659, pela primeira vez, no livro Teutsche Algebra.

Siga nas redes:

Facebook: Nandy Martins

Instagram: @nandy_martins

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!
Comentários
Logo @AcreditaNisso