Animais gigantescos demais para suas espécies

por Nandy 24 fev 2016 - 03h 05
1.457 visualizações

Você pode até achar o título deste post redundante, mas você verá que ele não é, afinal, os animais que mostraremos a seguir são muito grandes para suas espécies! Não são as maiores criaturas do mundo, mas sem dúvida eles te dariam um belo de um susto, mesmo que fossem inofensivos. Por que eles chegaram a esse tamanho? Não sabemos, mas quem sabe você algum dia não se depare com um deles? Afinal, o primeiro da lista pode estar vivendo em seu quintal. Confira:

A maior minhoca do mundo

Minhoca

Este espécime foi encontrado no Equador e possui cerca de 1,5 m de comprimento, sem falar que pesa quase meio quilo e que, quando passa por debaixo da terra faz túneis que cabem um braço tranquilamente.

Anaconda

Anaconda

Trata-se da maior cobra do mundo, tanto que a forma adulta da espécie pode chegar a ter 9 m de comprimento e pesar 230 kg, não é à toa que, como podemos ver no vídeo, ela é capaz de engolir uma vaca inteira.

O maior caranguejo do mundo

Caranguejo

Conhecido também como Caranguejo Real Gigante da Tasmânia, esta espécie pode esmagar facilmente seus ossos com uma de suas pinças. O caranguejo da foto foi salvo da morte por um pescador e vendido para um aquário britânico por cerca de 3 mil libras, o que equivale a quase 17 mil reais na cotação atual.

Os maiores crocodilos do mundo

Crocodilo

Já foram encontrados diversos crocodilos gigantescos ao redor do mundo, como podemos ver, um deles foi pego nas Filipinas, enquanto que os outros foram capturados em diferentes partes do mundo.

O maior coelho

Coelho

Seu nome é Darius e possui 1,3 metros de comprimento, pesando 22 kg, sua dona, Annette Edwards, o alimenta com 2000 cenouras e 700 maças por ano, juntamente com uma ração especial que chega a 5 mil libras, equivalente a 28 mil reais na cotação atual.

Fonte: http://www.sharenator.com/.

Siga nas redes:

Facebook: Nandy Martins

Instagram: @nandy_martins

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!
Comentários
Logo @AcreditaNisso