As 6 descobertas arqueológicas mais importantes da história

por Nandy 24 fev 2016 - 02h 52
1.236 visualizações

Aprender sobre nossos antepassados nos fascina, especialmente quando você considera algumas das mais importantes descobertas arqueológicas da história. Sempre que uma nova descoberta é feita, ela permanece nas manchetes por dias, se não semanas.

Felizmente, arqueologia serve como um forte canal para descobrirmos novas coisas sobre nosso passado e pensando nisso, decidimos apontar as mais importantes descobertas arqueológicas da história:

A caverna de Altamira

Caverna de Altamira

Localizada no norte da Espanha, esta caverna foi a primeira a ser descoberta com pinturas pré-histórica e que gerou muitos debates devido à preservação e condições dos desenhos lá registrados, mas em 1902 a autenticidade foi comprovada e isso acabou por deixar os pesquisadores pasmos, já que eles acreditavam que os humanos pré-históricos não tinham desenvolvimento intelectual suficiente para criar qualquer tipo de arte.

Pergaminhos do Mar Morto

pergaminhos do mar morto

A maioria dos pergaminhos está em hebraico e contém um período de 500 anos de história, a partir do terceiro século antes de Cristo, nele, está registrado o nascimento de Jesus Cristo e o surgimento do Cristianismo.

Tumba de Tutancâmon

escaravelho de Tutankhamun

A tumba do mais famoso faraó egípcio foi descoberta em 1922 estava intacta, o que era raro devido à grande quantidade de ladrões de tumba, e devido a ela, foi possível descobrir muito sobre os rituais de mumificação e modo de vida dos antigos egípcios.

Rapa Nui

Rapa Nui

Conhecida também como Ilha de Páscoa, é um dos mais misteriosos lugares do mundo, e ficou famosa por suas plataformas cerimoniais e grandes estátuas que representam os ancestrais de Rapa Nui.

Mecanismo de Antikythera

Mecanismo de Antikethera

Este mecanismo pertenceu à antiga civilização grega, e estava pelo menos 1500 anos à frente de seu tempo, pois contava com com diversas engrenagens e pinos, era um tipo de relógio astronômico que traçava precisamente o movimento dos céus. Como os gregos conseguiram criar tal mecanismo ainda é um mistério.

Pedra de Rosetta

Pedra de Rosetta

Graças a este artefato egípcio, os arqueólogos foram capazes de decifrar a linguagens dos hieróglifos, pois ela estava escrita em três idiomas, hieróglifos egípcios antigos, grego antigo e ainda demótico, a linguagem egípcia falada antigamente, porém escrita, atualmente, ela reside no museu britânico desde 1802.

Siga nas redes:

Facebook: Nandy Martins

Instagram: @nandy_martins

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!
Comentários
Logo @AcreditaNisso