As maneiras mais estranhas de se fazer dinheiro

por Nandy 03 jul 2016 - 21h 20
1.862 visualizações

No mundo de hoje, qualquer maneira de se ganhar dinheiro é válida, algumas podem nem ser legais, entretanto, no post de hoje nós falaremos dos diferentes modos que o ser humano já descobriu para descolar algum dinheiro, o pior é que algumas delas até funcionam e acabam rendendo uma boa quantia, mesmo que polêmicas. Confira a seguir algumas delas:

Clínicas de Suicídio

maneiras dinheiro

Eu também fiquei surpresa quando li, mas essas clínicas estão crescendo cada vez mais em todo o mundo para aqueles que queiram acabar com a sua vida através de uma injeção letal. O patologista americano Jack Kevorkian defendeu as clínicas dizendo que “morrer não é nenhum crime”, o que resultou em uma grande polêmica, mas atualmente ela ganhou grande relevância, tanto que a mais das clínicas – Dignitas, na Suíça – já realizou mais de 1000 suícidios.

Oshiya

maneiras dinheiro

No Japão, é muito comum os metrôs das grandes cidades ficarem superlotados a ponto de precisar dos oshiyas, empregados responsáveis por literalmente empurrar os passageiros para dentro dos trens para que as portas se fecham.

Profissionais do luto

Bastante popular na África, esta profissão é justamente o que você está pensando: ser pago para ir a um funeral e ficar de luto pela pessoa falecida, isso ocorre para dar a impressão de que a pessoa era influente e importante em vida.

Comer

comer entre as estranhas maneiras que as pessoas ganham dinheiro

Sim, outra surpresa, ainda mais pela forma com que se pode ganhar comendo, afinal, observar pessoas comendo está se popularizando como um fetiche sexual dentro da Internet.

Vender a virgindade

virgem catarina entre os empregos mais estranhos

Sem dúvida, a maneira mais rápida de se ganhar muito dinheiro em pouco tempo, mas também muito controversa. Depois da brasileira Catarina Migliorini, 21 anos, vendeu a sua virgindade por mais de US$ 1,5  milhão, muitas outras mulheres passaram a fazer o mesmo.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!
Comentários
Logo @AcreditaNisso