Com este corpo, você é capaz de escapar de qualquer acidente

por Nandy 24 jul 2016 - 21h 57
7.349 visualizações

A cada dia, muitos acidentes automobilísticos envolvendo carros, motos, ônibus e por aí vai ocorrem e deixam diversos mortos e feridos, foi aí que surgiu a ideia para uma campanha que mostrasse que nenhum corpo humano capaz de escapar de todos os tipos de acidentes, essa campanha, desenvolvida pelo governo australiano e pela escultora Patricia Piccinini, deu luz a Graham, um modelo que mostra qual seria a anatomia perfeita para se escapar de qualquer acidente, e adivinhe: nenhum ser humano possui o corpo de Graham.
A equipe que desenvolveu Graham é composta por Patricia, um cirurgião especialista em traumas e ainda um engenheiro de segurança rodoviária, juntos, os três determinaram diversas situações que acabaram resultando no modelo que vocês acabaram de ver.

corpo acidente

Segundo o cirurgião Christian Kenfield, é necessário proteger as partes mais importantes e mais suscetíveis a traumas, como o pescoço, por isso ele foi removido, o nariz, o maxilar e as orelhas, daí o rosto gordo, já os mamos extras servem para proteger as costelas, assim como a pele grossa.

corpo acidente

Agora, observe seus pés. Graham possui os pés parecidos com os de um coelho, o que o torna capaz de ser ágil e pular rapidamente caso esteja para ser atropelado, sem falar que o seu joelho permite que ele seja dobrado em todas as direções, prevenindo assim uma fratura na perna.

corpo acidente

E pensar que tudo isso foi elaborado pensando principalmente nas lesões mais comuns e fatais: as de cabeça e pescoço, que matam devido à alta velocidade e por causa de algo que poderia ser muito mais facilmente evitado: o uso de celular ao volante. Por isso, antes de sair para dirigir e cometer alguma imprudência, lembre-se: será que eu tenho o corpo de Graham e posso escapar de qualquer tipo de acidente? E meus passageiros?

corpo acidente

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!
Comentários
Logo @AcreditaNisso