Lugares na Terra que parecem ser de outro planeta

por Nandy 20 dez 2015 - 16h 51
795 visualizações

Existem alguns lugares espalhados pelo mundo que nos fazem pensar se realmente estamos em nosso planeta e não em um outro lugar, afinal, são lugares que não existem em nenhuma outra parte do mundo e que são muito peculiares. Confira:

Wai-O-Tapu

Trata-se do maior parque geotermal da Nova Zelândia, se não for um dos maiores do mundo, pois possui cerca de 18 km2. Infelizmente, nem toda a reserva está aberta para visitação, mas em várias partes é possível conhecer diversas de suas crateras colapsadas, além de entrar em uma de suas piscinas borbulhantes por causa da lama vulcânica.

Rio Tinto

A coloração desse rio da Espanha é devido a um ácido que deixa o pH da água a 1,2! Sem falar que também possui alta concentração de metais e pouca concentração de oxigênio, o que torna difícil a vida ali, tanto que é conhecido como um rio morto, porém, foram encontradas ali algumas algas que já estão sendo analisadas – acredite se quiser – pela NASA, uma vez que o local possui muitas semelhanças com a superfície de Marte.

Estrutura de Richat

Acho que você já ouvir falar na grande mancha vermelha de Júpiter, não é mesmo? Pois bem, saiba que a Terra tem uma estrutura muito semelhante a ela quando vista do espaço! É a Estrutura de Richat, que fica na Mauritânia, no deserto do Saara.

Parque Nacional Crateras da Lua

Mas isso não deveria ser na lua? Sim, entretanto, nos EUA, há uma superfície muito parecida com a lunar quando esta é atingida por meteoros, a diferença aqui é que essas crateras foram causadas devido ao alongamento da crosta terrestre.

Fontes hidrotermais de Galápagos

No sul do Oceano Pacífico, estas fontes têm início em uma das ilhas e penetram cerca de 2 quilômetros para dentro do oceano. Não é aconselhável chegar muito perto, uma vez que a água nas fissuras pode chegar a 400 graus Celsius!

Vulcão Kilauea

Vênus, em sua superfície, possui uma quantidade imensurável de vulcões e de lava escaldante e derretida, se quisermos ter uma ideia de como é lá, basta observar o vulcão Kilauea, no Havaí, composto por basalto negro. Ele já teve 35 erupções desde 1952, então vê-lo em atividade não é algo raro, mas é bom ficar um pouco longe dele quando ele explodir.

Siga nas redes:

Facebook: Nandy Martins

Instagram: @nandy_martins

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!
Comentários
Logo @AcreditaNisso