in

7 punições mais terríveis já praticadas nas salas de aula do Japão

7 punições mais terríveis já praticadas nas salas de aula do Japão

O Japão é conhecido por ter um sistema de educação bastante autoritário e rígido. Mas existem coisas que realmente passam dos limites. Conheça algumas das punições mais terríveis praticadas no Japão.

Enquanto muitas pessoas gostariam de ser asiáticas, poucos de nós, os ocidentais, poderiam suportar as duras punições que os jovens japoneses tem que enfrentar.

Aqui está uma lista das 7 piores punições do país do sol nascente:

1 – Empurrado pelas escadas

7 punições mais terríveis já praticadas nas salas de aula do Japão

Em 2014, houve um caso de um professor que levou seu castigo ao extremo, além de quase enforcar a um estudante, ele o empurrou pela escada, o que causou graves danos aos ligamentos de uma das pernas.

2 – Cheirar axilas

Outro castigo bastante comum no Japão é forçar um aluno a cheirar as axilas suadas de algum outro colega de classe. Além disso, esse castigo é conhecido como “cabra turva” e, aparentemente, é um dos métodos mais utilizados por muitos professores japoneses, principalmente para humilhar seus alunos.

3 – Ajoelhar-se em ervilhas congeladas

7 punições mais terríveis já praticadas nas salas de aula do Japão

Estes são os joelhos de um estudante chinês, que divulgou as imagens nas redes sociais depois de ter sido submetido a uma punição na escola, onde foi forçado a ajoelhar-se em ervilhas congeladas. Infelizmente, de acordo com alguns alunos, é uma prática comum entre professores e pais asiáticos.

4 – Apertar a cabeça

Parece irreal, mas alguns professores para punir seus alunos usam ambas as mãos para apertar a cabeça e causar uma dor insuportável.

5 – Extintor

Em outubro de 2013, um professor de uma escola na cidade de Osaka foi punido severamente por agredir um estudante de ensino fundamental que esqueceu de levar sua lição de casa à aula. Em um ponto, o professor de 31 anos interrompeu a aula e começou a gritar com o aluno, depois agarrou-o pelo colarinho e deu-lhe várias bofetadas na bochecha. Finalmente, decidiu arrastá-lo para fora da sala de aula e, empurrá-lo em uma caixa de extintor de incêndio, onde o aluno bateu a cabeça.

6 – Usando os bastões do tambor

O taiko é um grande tambor japonês que é usado na música tradicional do país. Este instrumento é tocado com bastões relativamente grossos, com os quais alguns professores batem nos alunos mais difíceis com o objetivo de apaziguá-los ou discipliná-los, causando em alguns jovens hemorragias graves ou mesmo desmaio. Alguns professores tiveram que pagar altas multas por ultrapassar o castigo.

7 – Calcinhas abaixadas

7 punições mais terríveis já praticadas nas salas de aula do Japão

Esta foi a punição de uma escola secundária. Embora não saibamos o motivo pelo qual ao parecer um curso inteiro foi punido, acreditamos que deve ter sido algo bem grave.

Bom, você suportaria alguma dessas punições mais terríveis praticadas no Japão? Qual delas achou a pior?

Veja também: 4 programas de televisão bizarros do Japão

Written by nandatw

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *