in ,

Esse bichinho que vive em nosso corpo e você nem imagina aonde e o que ele pode causar

Esse bichinho feio vive em nosso corpo e você nem imagina aonde e o que ele pode causar

O nosso corpo é tomado de microorganismos. Eles vivem dentro de nós e auxiliam na digestão, como também vivem fora do nosso corpo auxiliando como uma camada de proteção contra outros invasores. Mas você conhece esse bichinho que vive em nosso corpo?

Infelizmente, nem todos esses “bichinhos” que vivem no nosso organismo são benéficos sempre. Eles também podem causar grandes problemas quando estão em desarmonia, como é o caso desse pequeno bichinho que vamos te mostrar.

Esse pequeno ser que vive em nós e parece muito estranho e nojento, é conhecido como Demodex folliculorum, e, nada mais é do que um ácaro.

Esse bichinho feio vive em nosso corpo e você nem imagina aonde e o que ele pode causar

Apesar de ser super pequeno, ele pode causar muitos danos ao nosso organismo quando nós não nos higienizamos o bastante.

O Demodex folliculorum costuma se desenvolver nas raízes dos nossos pêlos, ou seja, praticamente no nosso corpo topo. Ele também costuma aparecer em alguns locais onde os poros estão mais dilatados, ou seja, são bastante comuns no rosto e normalmente aparecem em dias mais quentes.

Sintomas do desequilíbrio de Demodex no nosso organismo

Você poderá perceber uma coceira bastante intensa em algumas regiões do corpo, principalmente, na raiz dos seus cílios.

Também poderá haver a formação de uma pequena crosta, como aquelas ramelas que aparecem no canto dos olhos quando acordamos. Esse tipo de crosta é normal, porém, se isso acontecer em grande excesso, fique bastante atento pois NÃO É NORMAL.

Esse bichinho feio vive em nosso corpo e você nem imagina aonde e o que ele pode causar

O que pode ser feito?

Somente com uma visão microscópica é possível visualizar bem esses ácaros. Então, se isso acontecer com você, você deve procurar um dermatologista que seja de sua confiança o mais rápido possível, para evitar problemas maiores. Quanto antes for “diagnosticado”, mais rápido e eficaz será o tratamento no futuro.

Mas, enquanto isso, você pode se precaver fazendo uma limpeza regular da região afetada com bastante água e sabão neutro para a remoção da maior parte da sujeira. Assim, você elimina um pouco o risco de se proliferar mais.

E você, conhecia esse bichinho que vive em nosso corpo?

Veja também: Você tem esses pontos vermelhos em algum lugar do seu corpo? Descubra o que são e como surgem!

Written by nandatw

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *