Curiosidades

O que é e como funciona a cerimônia do vinho? 7 dicas!

Publicidade

A cerimônia do vinho é um dos rituais mais encantadores e significativos em muitos casamentos. Ela simboliza a união de duas pessoas em uma jornada compartilhada, onde vão degustar o vinho da vida juntos, enfrentando os altos e baixos com amor e parceria.

Se você curte casamentos, confira também o nosso artigo sobre 5 motivos que fazem os casamentos chegarem ao fim muito cedo.

Publicidade

Neste artigo, vamos explorar o que é e como funciona essa cerimônia fascinante.

O que é a cerimônia do vinho?

A cerimônia do vinho, também conhecida como “cerimônia das taças”, é um ritual que celebra a união definitiva de um casal. Ela envolve a mistura de duas taças de vinho em uma terceira, simbolizando a união das duas vidas em uma só.

Essa cerimônia tem raízes antigas e é uma maneira única e significativa de demonstrar o compromisso mútuo do casal.

O que é e como funciona a cerimônia do vinho?
Fonte: Pixabay

PUBLICIDADE
Publicidade

Como funciona a cerimônia do vinho?

A cerimônia do vinho é realizada geralmente após os votos de casamento, mas sua ordem pode variar de acordo com a preferência do casal. Aqui estão os passos típicos dessa cerimônia:

1. Escolha das taças

O casal seleciona duas taças de vinho que serão usadas durante a cerimônia. Essas taças podem ser simples ou elaboradas, de acordo com o gosto pessoal. Muitos casais optam por personalizá-las com seus nomes ou datas especiais.

2. Preparação do altar

No altar, são colocadas as duas taças de vinho e uma terceira taça vazia. Geralmente, essa terceira taça é maior e representa a nova vida que o casal está criando juntos.

3. Momento da cerimônia

Durante a cerimônia, o celebrante explica o significado da cerimônia do vinho para os presentes. O casal então segura suas taças de vinho e, ao mesmo tempo, despeja um pouco de vinho na terceira taça. Isso simboliza a mistura de suas vidas em uma só.

4. Troca das taças

O casal troca as taças e repete o processo, despejando vinho novamente na terceira taça. Esse gesto representa a igualdade e a parceria no casamento, onde ambos contribuem igualmente para a nova vida que estão construindo.

5. O brinde

Após a mistura do vinho, o casal brinda à sua nova jornada juntos e, muitas vezes, compartilha um gole do vinho da terceira taça como símbolo de sua unidade.

6. Troca dos votos

Algumas cerimônias do vinho incluem a troca de votos personalizados nesse momento, tornando a cerimônia ainda mais significativa.

7. Colocação da taça

As taças são então colocadas de volta no altar, muitas vezes em uma caixa especial que o casal pode manter como lembrança do dia.

O que é e como funciona a cerimônia do vinho?
Fonte: Pixabay

Qual o significado da cerimônia do vinho?

A cerimônia do vinho é repleta de simbolismo. O vinho, representando alegria, celebração e vida, é compartilhado pelo casal como uma demonstração de sua disposição para compartilhar todos os aspectos da vida.

A mistura das taças simboliza a união das famílias e a criação de uma nova vida juntos, onde ambas as partes contribuem igualmente para o relacionamento.

Essa cerimônia também enfatiza a importância da parceria e da igualdade no casamento. O brinde marca o início da jornada do casal como uma equipe, prontos para enfrentar os desafios e celebrar as alegrias da vida juntos.

Quando fazer a cerimônia do vinho?

Quando devemos fazer a cerimônia, no início ou do meio para o final? Confira agora:

No início da cerimônia

Incorporar a cerimônia do vinho desde o início pode ser uma maneira maravilhosa de simbolizar a aprovação dos pais para a formação de uma nova família, representada pela união de seus filhos. Nesse contexto, é uma ideia muito bonita convidar os pais do casal para brindar com vinho ou até mesmo com água diante do altar, selando assim o compromisso de suas famílias.

Do meio para o final da cerimônia

Se a cerimônia do vinho for introduzida do meio para o final, pode simbolizar a decisão dos noivos de unirem suas características individuais para criar a identidade do casal. Minha sugestão é utilizar uma taça de vinho branco e outra de vinho tinto, destacando as diferenças e as forças naturais que cada um possui. Posteriormente, os noivos despejam seus vinhos em um recipiente único, criando uma cor suave, representando a beleza de sua união como casal. Esse recipiente pode ser levado para casa e servir como lembrança do dia do casamento.

Uma variação interessante desse ritual é usar uma taça de vinho doce e outra de vinho seco, pedindo aos noivos que experimentem cada vinho separadamente antes de experimentá-los juntos. Isso é uma maneira eficaz de demonstrar que em um casamento é natural enfrentar momentos de alegria e tristeza, de ganhos e perdas, de saúde e doença. No entanto, quando o casal age como uma equipe, esses momentos, mesmo os mais difíceis, podem ser superados.

Conclusão

A cerimônia do vinho é um toque especial que muitos casais escolhem adicionar ao seu casamento. Além de ser um momento simbólico, é também uma oportunidade de criar memórias duradouras e significativas.

Se você está planejando seu casamento, considere incorporar esse ritual encantador para celebrar o amor e o compromisso que você e seu parceiro compartilham. Brinde ao amor e à vida!

Aproveite e confira um vídeo do canal Organize sem Frescuras sobre Como organizar um casamento gastando pouco:



Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar